Fundada em 1951, a Dulca tem suas origens na Itália, na cidade de Torino e na história das famílias Garrone e Bongiovanni. Fornecedores da Casa Real Italiana, os Bongiovanni vinham de uma tradição na produção de pães e massas especiais. Os Garrone, tradicionais confeiteiros, trabalhavam em sua “Pasticceria” desde 1860.

O nome DULCA se origina do latim “dulcis”, ou seja, doce.

A primeira loja foi aberta na R. Dom José de Barros, no então elegante centro de São Paulo. Logo os clientes tornaram-se cada vez mais numerosos e fiéis. É dessa época a produção dos primeiros “Panettones” no Brasil e a Dulca orgulha-se em ter sido uma das pioneiras na fabricação dessa especialidade que, em pouco tempo, tornou-se uma tradição Paulistana. Em 1959 uma segunda unidade, maior, mais bonita e com um amplo laboratório, foi aberta na Av. Dr. Vieira de Carvalho.

Hoje, com oito lojas, mais de 500 produtos e passados 60 anos, a Dulca é um ponto de referência para os Paulistanos apreciadores de bons doces, bolos, tortas, salgados e bombons, todos produzidos com cuidado artesanal, matérias-primas de qualidade e um toque especial, com tradição familiar de quase 150 anos.

 

dulca-foto-historia